domingo, 27 de janeiro de 2013

TRAGÉDIA EM SANTA MARIA - BOATE KISS

Um incêndio que atingiu na madrugada deste domingo (27) a boate Kiss, em Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, deixou pelo menos 232 mortos (número a ser confirmado ) e dezenas de feridos. A polícia e o Corpo de Bombeiros ainda trabalham no local em busca de mais informações sobre as circunstâncias da tragédia e para retirar corpos da área. O número de pessoas que estavam na boate no momento do incêndio ainda não foi confirmado pelas autoridades. A festa reunia estudantes da Universidade Federal de Santa Maria, dos cursos de Pedagogia, Agronomia, Medicina Veterinária, Zootecnia e dois cursos técnicos. Segundo informações preliminares, o fogo teria começado por volta das 2h30, depois que o vocalista da banda que se apresentava fez uma espécie de show pirotécnico, usando um sinalizador. As faíscas teriam atingido a espuma que faz o isolamento acústico no teto do estabelecimento e as chamas se espalharam. O incêndio provocou pânico e muitas pessoas não conseguiram acessar a saída de emergência.
A casa noturna tem capacidade para receber 1,5 mil pessoas. De acordo com depoimento de um segurança que trabalhava no local, a boate estava com até 2 mil pessoas nesta madrugada. O público era majoritariamente universitário. O Corpo de Bombeiros garante que o local possuía plano de prevenção de incêndio, mas um segurança que trabalhava na boate disse que os extintores de incêndio não teriam funcionado. Segundo relatos de frequentadores , seguranças da boate bloquearam a porta no início do incêndio , impedindo que as pessoas saíssem sem pagar a " comanda ".
Ocorreu um erro neste gadget